Porto Wordpress Theme

Eu e meu caderninho

Back to Blog
Categoria: Blog, Métodos, Oráculos, Tarô Tags: , , , Data: março 26, 2019

Eu e meu caderninho

Quando comecei meus estudos de tarô não existiam muitos livros à respeito. Não existia a Internet. Tudo era difícil! Na época o meu interesse pelo Egito era grande.No primário , nas aulas de História Geral com Dona Antonieta, esse povo fascinante enchia os meus sonhos.Não é à toa que o primeiro tarô que estudei foi o Tarô Egípcio da Kier. Por ser um tarô transcultural e não ter livro sobre ele, apenas o Cabala da Predição em espanhol, encontrei e aprendi muito com a minha mestra Nelise Carbonare. Ela não gosta que eu a chame assim, mas não tem jeito, ela o foi. Mestra , iniciadora e incentivadora para que eu assumisse o meu lado taróloga. Nos meus estudos, Nelise me incentivava a ter um caderno de tarô e fazer as anotações sobre todos os arcanos. Comprei um caderno, tirei xérox em branco e preto de todas as cartas, pintei uma à uma com lápis de cor e fui formando o meu arquivo de dados manual e criativo.Sugiro que vocês façam o mesmo! É muito bom para o aprendizado de tarô.
1- Crie um caderno de tarô com uma ou duas páginas dedicadas a cada arcano.
2- Tire xérox das cartas e pinte cada uma delas.Vocês não tem ideia de como vem insights com essa interação.
3- Escreva as definições de cada arcano. Numeração, nome, atributos…
4- Escolha uma palavra-chave ou uma frase para cada arcano. Por exemplo: Sacerdotisa: intuição, passividade. Enamorados, poder de escolha.
5- Estude, estude e estude e observe cada figura em seus detalhes.
6- Compre um bom livro sobre Símbolos e faça uma boa pesquisa histórica.
7- Quando tiver assimilado o conceito de cada arcano, comece a estudar os métodos.
8- Leia várias vezes suas anotações para que seu cérebro possa gravar as informações.O cérebro é o nosso maior banco de dados e ele precisa ser exercitado.Tente escolher boas obras, bons livros para fazer gravações corretas. Quando você aprende algo errado , depois é difícil de resignificar. O conceito figa gravado e demora um tempo para você fazer uma nova gravação por cima.
9- Faça jogos para assuntos onde você possa ter o retorno da Mídia. Anote-os para checar o resultado.
10- Quando estiver mais confiante crie um grupo de estudos quinzenal e troquem leituras entre os membros.
Essas dez regras são muito boas para se tornar um bom tarólogo!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Blog
Enviar
Olá, em que posso ajudar?